Home » Isola di Spargi no Arquipélago La Maddalena, Sardenha

Isola di Spargi no Arquipélago La Maddalena, Sardenha

A inabitada Isola di Spargi é a terceira maior ilha do arquipélago de La Maddalena, que é um grupo de ilhas composto por La Maddalena, Caprera, Budelli, Santo Stefano, Santa Maria e Razzoli no Norte da Sardenha, Itália.

A ilha tem uma área de 4,20 km² e uma costa de 11 km, sendo o seu ponto mais alto com 153 metros de altitude e chama-se “punta di Guardia Preposti”.

Nós fomos conhecer essa ilha quando passamos 11 dias explorando a Costa Esmeralda e o arquipélago, que é um dos lugares mais lindo que já visitei.

Isola di Spargi

Fizemos um passeio de barco, que passou pela Isola Budelli (escrevi sobre ela aqui), pela Spargi e por diversas ilhotas ao redor e eu só posso lhe dizer que é imperdível.

Não tem nem como descrever a cor do mar, pois ele tem diversos tons turquesa, azul e esmeralda, com águas muito cristalinas, areia branquinha, rochas e vegetação ao redor. Simplesmente maravilhoso!

As praias mais famosas da pequena ilha, são Cala Corsara, Cala Conneri, Cala Soraya e Cala Granara, mas existem muitas outras enseadas com areias branquinhas e águas cor de esmeralda compondo a natureza espetacular da ilha.

Isola di Spargi, La Maddalena, Sardinia, Italy

As águas também são excelentes para quem gosta de mergulhar e fazer snorkel, principalmente na Secca di Spargi (ou Secca Washington).

A Secca di Spargi é uma área demarcada e recomendada para mergulho, pois consiste em grandes blocos de granito, juntamente com pedras e deslizamentos de terra e inclui tafoni e depressões, variando em profundidade de 6m a 25m.
Com diversas espécies de peixes e uma vida marinha muito ativa, é um lugar perfeito para mergulho.

Ao lado da Spargi, existe uma ilhota, digamos que sua “irmã menor”, a Spargiotto. Exposta a tempestades mistrais, é um local de particular valor ambiental, onde espécies raras de aves marinhas fazem ninhos, como o cormorão adornado, a gaivota corsa, entre outros.

Isola di Spargi

Spargi foi fortificada durante as duas guerras mundiais e algumas ruínas ainda são visíveis, entre as quais o forte de Zanotto, que é o mais bem preservado e fica no Norte na ilha.

No fundo do mar que circunda a ilha, vários achados e restos de um navio romano de 35 metros do século II aC foram recuperados e hoje expostos no “Museu Archeologico Navale Lamboglia”. Mais informações no site: http://www.lamaddalena.it/museo_lamboglia.htm

Por ser um lugar muito cênico com águas cristalinas e belas praias, infelizmente no pico do verão, entre Julho e Agosto, a ilha fica lotada.

Dezenas de barcos ficam ancorados e centenas de turistas descem ali, fazendo com que a paisagem fique apenas de um mar de pessoas à sua frente.

Isola di Spargi

Como chegar na ilha?

Do mesmo modo que a Isola Budelli, só é possível chegar na Isola di Spargi através de barco próprio, alugado ou de passeios com agências turísticas saindo da Costa Esmeralda, La Maddalena, Palau e Santa Teresa Gallura.

Diversas agências turísticas fazem passeios onde vão direto para a ilha ou então fazem algumas paradas passando pelas outras ilhas do arquipélago (foi esse o passeio que fiz).

Boat Tour, La Maddalena, Italy

Só lembrando que nem todas as ilhas do arquipélago podem ser visitadas, porém os passeios organizados param nos melhores pontos para ver – embora a distância – os locais mais bonitos e interessantes, além de permitir que os turistas mergulhem em determinados locais.

Caso queira ir com seu próprio barco, é obrigatório pedir permissão com a Administração do Maddalena Park e o acesso só é permitido em algumas partes do Arquipélago. Veja mais informações aqui (em inglês): http://autorizzazioni.lamaddalenapark.it/index.php?ln=en

Ou caso queira, pode-se alugar um barco com piloto, só para você e seus amigos/família e assim escolher os melhores pontos para parar e aproveitar esse lugar incrível.

E aqui termino a minha série especial sobre a Sardenha. Escrevi diversos posts sobre as praias mais lindas da Costa Esmeralda aqui, sobre St Tereza di Gallura aqui, sobre a ilha de La Maddalena e Caprera aqui e sobre a Isola Budelli aqui.

Espero que gostem e não deixem de me contar como foi a viagem de vocês e suas diferentes dicas, além de compartilhar o artigo com seus amigos e familiares.
Ótimo dia!

Share this:
  •  
  • 20
  •  
  •  

This post is also available in: English

Deixe seu recado:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: