Home » Dirigindo pelas estradas de Gotthard, Furka e Grimsel Pass na Suíça

Dirigindo pelas estradas de Gotthard, Furka e Grimsel Pass na Suíça

– AmanhĂŁ, ao invĂ©s de ir pelo TĂșnel SĂŁo Gotardo (Gotthard Tunnel), vĂĄ por Gotthard Pass, Furka Pass e Grimsel Pass. O caminho Ă© espetacular e por ser verĂŁo essas estradas ainda estĂŁo abertas!

Essa foi a dica que nosso amigo suíço sugeriu, antes de deixarmos a cidade de Verscio, onde passamos 4 dias com ele e sua família (em breve vou escrever mais sobre).
AtĂ© hoje agradeço ele, pois sem dĂșvida, Ă© um dos locais mais incrĂ­veis que jĂĄ dirigimos, sem mentira!

Mas antes de mais nada, para quem tem nĂĄusea, eu nĂŁo aconselho esse trajeto, pois as curvas sĂŁo bastante sinuosas e Ă© assim por quilĂŽmetros e mais quilĂŽmetros.

Enfim, no dia seguinte pegamos a carro e seguimos para Airolo, onde ao invĂ©s de pegar o tĂșnel, pegamos a Gotthard Pass.

Mal iniciamos nossa subida e jĂĄ paramos no cafĂ© “Chiosco Panorama San Gottardo” para tomarmos um cafezinho e apreciarmos a paisagem.
No exterior do café existe um grande terraço que oferece uma das vistas mais deslumbrantes do Cantão do Ticino. No interior, num ambiente simples e acolhedor, servem especialidades locais.

Gotthard Pass, Switzerland
Gotthard Pass

Continuando o caminho, paramos para tirar diversas fotos da estrada antiga, a Tremola San Gottardo – esta antiga estrada Ă© mantida em seu estado original desde 1832 e Ă© o maior monumento de rua da Suíça, com atĂ© mesmo as antigas paredes de pedra seca ainda no lugar. 

As 24 curvas de paralelepĂ­pedos, seguem ao longo de apenas quatro quilĂŽmetros e 300 metros de altitude e essas faziam parte da primeira estrada de carruagens que passava pelo Gotardo, construĂ­da entre 1828 e 1832.

Tremola San Gottardo, Suíça
Tremola San Gottardo

JĂĄ no topo do Gotthard Pass (2.091m) vocĂȘ encontra o National Gotthard Museum que conta nĂŁo apenas sobre a histĂłria, mas tambĂ©m sobre os enormes esforços que foram feitos para construir essa estrada.

Driving through Furka Pass

Ao chegarmos em Hospental, seguimos em direção à Furka Pass, e perto do vilarejo Realp, começa a subida da estrada que em seu topo chega a 2,429 metros acima do nível do mar.

Furka Pass
Furka Pass

Esse trajeto foi a minha parte favorita de todo o caminho: com uma vista linda das montanhas, cruzamos por cachoeiras e mais cachoeiras, riachos, desfiladeiros e muitas vaquinhas.
Por que menciono as vaquinhas? Porque as vacas suíças são belíssimas, tem os cílios grandes, são gordinhas e muito elegantes (se é que se pode falar isso de uma vaca!!).

Cows in Switzerland

Por termos decidido fazer esse trajeto em cima da hora, nĂŁo tive tempo de pesquisar nada e infelizmente, nĂŁo sabia que ali ficava a geleira Rhone Glacier, a maior dos Alpes Urner.

Passamos direto, apenas tirando uma foto do famoso hotel Hotel BĂ©lvĂšdere – aquele de uma construção numa curva sinuosa e que centenas de pessoas postam em suas mĂ­dias sociais.

Enfim, depois de passar pelo hotel, começamos a descer novamente e a paisagem fica ainda mais incrível, se é que isso é possível.

A cada esquina, a vista é espetacular e paramos vårias vezes para tirar fotos de diferentes ùngulos. Aqui os motoristas entendem porque o Furka Pass, entre todos os belos passes suíços, foi escolhido para filmar cenas para o filme Goldfinger, de James Bond em 1964.

Furka Pass

Avisto uma pequena cidade lĂĄ em baixo no meio do vale e um rio que corta o caminho, com sua cor azulada, provando que a ĂĄgua Ă© vinda da geleira.

Depois de muitas fotos, chegamos ao vale e passeamos pelo pequeno vilarejo chamado Gletsch (1759m), localizado entre Furka e Grimsel Pass.

Almoçamos no “Grand Hotel Glacier du RhĂŽne”, um dos primeiros hotĂ©is suíços a ser construĂ­do em meio Ă  montanhas, em 1830. O restaurante do hotel serve self-service e a comida Ă© bem temperada e muito gostosa.

Conversando com o garçom e ele nos conta que Furka Pass fica fechada no inverno, pois é extremamente perigoso dirigir pela estrada por causa da neve/gelo.

O que mais me impressiona, Ă© que ele conta que no inverno, a cidade inteira fica coberta de neve, muitas vezes com apenas o telhado do hotel, que tem 5 andares, Ă  vista.

Sentados no terraço do restaurante, logo escutamos um barulho e um trem a vapor vagarosamente inicia sua subida pela montanha – a travessia ferroviĂĄria mais alta da Europa. A cena parece de filme, aquele rio com suas ĂĄguas lĂ­mpidas, as montanhas, a pequena igreja ao fundo e o trem passando lentamente, com os turistas acenando.

Depois, saindo de Gletsch, vocĂȘ pode seguir em direção Ă  Brig via Furkastrasse ou entĂŁo, como nĂłs, seguir pelo Grimsel Pass.

Grimsel Pass passa por uma regiĂŁo montanhosa e pouco cultivada, bastante diferente da estrada anterior. Ziguezagueando por paredĂ”es de granito, alguns tĂșneis, reservatĂłrios de ĂĄgua e passando pela barragem de Grimsel com uma usina hidrelĂ©trica no topo, a passagem alpina de 38 quilĂŽmetros Ă© tambĂ©m uma das estradas pavimentadas mais altas da Europa.

Após passar pela hidrelétrica, começamos a descer e avistamos pequenos vilarejos e vales profundos e o legal é que sempre que necessårio, hå espaço suficiente para estacionar em segurança ao lado da estrada. Perfeito para sair aqui e ali para tirar algumas fotos.

Depois desse caminho todo, paramos em Guttannen para um café e seguimos para nosso destino final, a linda cidade de Kandersteg e os famosos lagos Oeschinensee e Blausee (leia mais sobre os 3 aqui, aqui e aqui respectivamente).

O Gotthard Pass estĂĄ normalmente aberto entre junho e outubro e fecha diariamente das 18h00 Ă s 08h00.
Jå o Furka Pass e Grimsel Pass ficam abertos entre o final de Maio até início de Novembro.

E vocĂȘ, jĂĄ dirigiu por Gotthard, Furka e Grimsel Pass na Suíça? Ou tem alguma dica sobre outros trajetos tĂŁo lindos quanto esses? NĂŁo deixe de nos contar nos comentĂĄrios abaixo.

Compartilhe:

Deixe seu recado:

O seu endereço de e-mail não serå publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

comentĂĄrios

  • Que maravilha seu relato!!! Vamos em Julho e quero fazer esse trajeto. É facil de mapea-lo no google maps? Estou com receio de perder a entrada da estrada e acabar parando no tunel. Por favor, vc sabe me dizer qual o tempo de viagem? Obrigada.

    • Oi Juliana, nossa, vocĂȘ vai amar esse trajeto. EntĂŁo, dei uma olhada e o Google Maps nĂŁo estĂĄ deixando montar o trajeto, imagino que seja porque no momento as estradas estĂŁo fechadas e reabrem final de Maio ou Junho. Realmente tem que cuidar muito para nĂŁo acabar pegando o tĂșnel, entĂŁo, coloca no Google a cidade de Airolo, depois Punto Panoramico San Gottardo e em seguida, quando chegar em Hospental, tem placa para o Furkapass (ou coloca no google). NĂŁo tem erro! Acredito que assim que reabrirem as estradas, o google deixa colocar o trajeto sem passar pelo tĂșnel e ruas maiores. Qualquer dĂșvida Ă© sĂł me escrever! Um abração! â˜ș

        • Imagina Juliana, Ă© um prazer poder ajudar.
          Ah! Esqueci de responder: acho que levamos umas 4-5 horas fazendo esse trajeto. Mas isso porque fomos bem devagar, parando em cada esquina pra tirar foto, almoçar, tomar um cafezinho…

error: