Home » A Escócia é linda!

A Escócia é linda!

Nesta última Páscoa (2019), decidimos visitar a Escócia, pois nunca tínhamos ido para lá, apesar de estarmos morando no Reino Unido há quase 15 anos.
E o que eu posso dizer? Gente, que país mais lindo é esse. Sério mesmo! 
On the road in Scotland
Verdade seja dita, eu sempre procuro ir à algum lugar mais quente que Londres, mas desta vez, digamos que eu não tive escolha e seguimos para o Norte.
Inacreditavelmente, o tempo estava maravilhoso e os 3 dias que ficamos lá foram ensolarados e com uma temperatura super agradável, em torno de uns 22 graus durante a tarde. Sorte minha!
On the road in Scotland
Quando eu estava fazendo a pesquisa sobre o país e onde poderíamos ir, a nossa prioridade era de visitar o interior, as Highlands e ir à uma destilaria de whisky, lógico!
Eu que amo a natureza, fiquei maravilhada com a paisagem, as cachoeiras, os lagos, as montanhas, enfim, tudo é tão lindo e foi realmente uma viagem incrível, apesar de ter sido por tão poucos dias.
Bem, agora vou ser “obrigada” a voltar lá! Inclusive já tenho uma listinha de lugares a serem visitados numa próxima vez.
On the road in Scotland
Nós alugamos um carro e tínhamos um itinerário e cada noite um Bed and Breakfast pré-reservado, pois assim tínhamos uma idéia de onde irmos. Porém, nós paramos muitas vezes no caminho, descobrindo paisagens deslumbrantes e apenas desfrutando do nosso passeio.
Mas, se você gosta de caminhadas, há muitas trilhas e você pode atravessar parques, montanhas, florestas, fazer passeios costeiros e tal. Tem trilhas para todos os gostos e níveis de dificuldade.
On the road in ScotlandTambém existem vários e vários campings espalhados e ali você pode colocar sua barraca ou estacionar o seu motorhome e aproveitar a tranquilidade do interior.

DICAS e CURIOSIDADES

– é bem difícil achar um posto de gasolina no interior do país. Sempre que achar um, encha o tanque, pois pode demorar horas até você encontrar o próximo. Isso não é só pela minha experiência, mas nosso amigo que é escocês reclamou da mesma dificuldade. Então, acredite em mim!
– Eu fiquei pasma! O limite para consumo de álcool (para dirigir) é praticamente zero. Para ser mais precisa é de 50 miligramas de álcool para 100 mililitros de sangue. Bem mais restrito que aqui na Inglaterra, que é de 80 miligramas para 100 mililitros de sangue. Por causa desta lei, nas destilarias eles perguntam quem é o motorista e este não pode fazer a degustação. Porém eles entregam (ou você paga, dependendo do lugar) garrafinhas que você vai colocar a dose que iria experimentar ali. Achei isso legal, pois pelo menos você não perde a bebida…
– As cozinhas nos restaurantes (do interior pelo menos), fecham bem cedo, lá por 19 ou 20hrs, mesmo aos Sábados. Portanto fique ligado e tente chegar nas cidadezinhas com antecedência, para não ficar sem janta. 
– Se você alugar um carro (eu recomendo para quem quer visitar o interior!), não se esqueça que na Escócia e em todo o Reino Unido, a direção é sempre no lado esquerdo da estrada (no lado errado, como dizem os brasileiros!)
– Na Escócia, eles usam a libra esterlina, mas as notas são diferentes das da Inglaterra. No entanto, algumas empresas na Inglaterra não as aceitam e na realidade não são obrigados a aceitá-las. Nós não tivemos nenhum problema no país, e em alguns casos usamos as notas inglesas e aceitaram sem problemas. O jornal Evening Standard publicou uma notícia sobre isso essa semana (em inglês): https://www.standard.co.uk/news/uk/scottish-bank-notes-fake-a4123501.html
– A maioria das empresas aceitam cartões de crédito/débito, principalmente Visa e MasterCard. American Express só é aceito em grandes companhias.
– A tensão padrão é de 230V, 50 Hz e a tomada é a mesma do Reino Unido com três pinos planos.

On the road in ScotlandWhat to eat?

Existem algumas coisas que são tradicionais na Escócia tais como:
Haggis: preparem-se! O prato é feito de carne de ovelha (fígado, pulmões e coração) moída e misturada com aveia, especiarias e cebola, dai coloca essa mistura dentro do intestino do animal, cozinha e serve com molho de uísque.
Eu sei, nojento!! Porém, em nome da pesquisa para o blog, eu experimentei e fiquei chocada porque é bem gostoso. Mas, confesso que, como eu sabia o que era, só tive coragem de dar uma “garfadinha”.
Neeps and tatties: geralmente é servido junto com o haggis. É basicamente nabos e batatas amassados.
Bangers and mash: salsichas e purê de batatas com molho gravy.
Frutos do mar, tais como salmão, vieiras, trutas, ostras, lagosta e lagostins são normalmente frescos.
Carne: carne bovina Aberdeen Angus e e cordeiro são carnes geralmente macias e de boa qualidade.
Shortbread biscuits (eu adoro!) – biscoitos feito com manteiga e trigo e sem fermento.
Além disso, alguns pratos são os mesmos que na Inglaterra, como o café da manhã Inglês, mingau, peixe e batatas fritas, carnes assadas, ovo escocês, etc…
Olha, tenho certeza que você vai amar a Escócia tanto quanto eu. Mas na minha opinião, acho que o ideal é ir quando já está um pouco mais quente e quando os dias são mais longos (abril à novembro).
Teve amigos meus que foram um mês antes, no mesmo lugar e não conseguiram ver nada por causa da neblina, chuva e tal.
Mas tudo depende também do que você quer fazer, pois eles também tem pistas te ski e dá para aproveitar para fazer esportes de inverno.
Spean Bridge, Scotland
Mas é isso ai pessoal, o meu próximo post será sobre os lugares que visitei nessa viagem incrível.
Com certeza você vai querer marcar sua próxima viagem para lá.
Um abração!
Share this:

This post is also available in: English

Deixe seu recado:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: