Home » A linda ilha de Fuerteventura nas Ilhas Canárias, Espanha

A linda ilha de Fuerteventura nas Ilhas Canárias, Espanha

Nossa viagem para Fuerteventura na Espanha foi um pouco diferente das outras férias de verão que fizemos aqui na Europa.
Normalmente nós alugamos um carro para o período inteiro que estaremos no local e cada dia vamos para uma praia diferente.

Porém, dessa vez, queríamos descansar e não precisar dirigir, então decidimos não alugar um carro e ficaríamos somente em Corralejo.
Claro que não aguentamos, pois ficamos em Fuerteventura quase 2 semanas, então acabamos alugando o carro por uns 2-3 dias, para conhecer algumas partes da ilha.

Fuerteventura, Spain

Fuerteventura é a segunda maior ilha das famosas Ilhas Canárias na Espanha, com aproximadamente 100 quilômetros (62 milhas) de comprimento e 31 quilômetros (19 milhas) de largura e conta com mais de 150 quilômetros de praias em sua costa.

Localizada a apenas 100 km da costa do norte da África e na mesma latitude da Flórida e do México, suas temperaturas raramente caem abaixo de 18°C, além de ter mais de 3.000 horas de sol por ano.

Nós fomos para Fuerteventura na metade do mês de Maio, uns 2-3 anos atrás e confesso que o clima, apesar de ameno, estava um pouco desagradável por causa do vento forte, o que deixava a temperatura entre uns 20-22 graus.

O problema é que como o vento era forte e estávamos em um hotel nas dunas, não conseguíamos ficar na praia, pois a areia voava o tempo todo e não era nada agradável.

Inclusive, o nome da ilha é uma palavra formada pelas palavras em espanhol: fuerte (forte) e ventura (fortuna). Tradicionalmente, o nome Fuerteventura é considerado uma referência aos fortes ventos ao redor da ilha, no entanto, pode ter se referido à riqueza, sorte ou destino.

Corralejo, Fuerteventura

O que eu achei legal, é que embora tenha instalações turísticas bem desenvolvidas, a ilha não sofreu o super desenvolvimento encontrado nas outras ilhas, como em Gran Canaria e em Tenerife.

Com isso, a ilha é muito mais calma mesmo no verão e os resorts são adequados para famílias, com o sul sendo mais popular entre os alemães e o norte entre os britânicos.

A ilha, que em 2009 foi declarada Reserva da Biosfera da UNESCO, possui as mais longas praias de areia branca do arquipélago e devido à atividade vulcânica milhares de anos atrás, possui uma paisagem única.

Fuerteventura é um destino para os amantes do sol, praia e calor, além de muito popular para esportes aquáticos, principalmente entre os surfistas, praticantes de kitesurf e é um dos locais mais importantes no circuito da copa do mundo de windsurf.

Ela é dividida em seis regiões: Antígua, Betancuria, La Oliva, Pájara, Puerto del Rosario e Tuineje.

Pajara, Fuerteventura, Espanha
Pajara

E além de suas praias lindíssimas, a ilha tem diversas pequenas cidades rurais, constituídas por antigas casas de pedra e capelas datadas há mais de 500 anos.
Apesar de não existir muitos atrativos turísticos nestes pequenos vilarejos, ali encontram-se restaurantes de grande qualidade, artesanato, provas de queijos, etc.

O que fazer na ilha?

Além de visitar as diversas (e lindas) praias, você pode:
– Fazer um passeio de barco até a Isla de Lobos;
– Passeio de barco a Lanzarote;
– Conhecer o Mirador Sicasumbre, de lhe dará uma vista incrível, além de ser o primeiro observatório astronômico da ilha;
– Conhecer o Miradouro Morro Velosa, considerado o mirante mais bonito de Fuerteventura, pois oferece uma vista para as dunas de Corralejo e para a ilha de Lanzarote;
Parque Natural de Corralejo e na suas dunas;
– Visitar a linda cidade de Betacuria fundada em 1404;
– Visitar as cavernas vulcânicas Cueva del Llano em Villaverde;
– Fazer uma caminhada pelo Montaña Tindaya (precisa de permissão para fazer).

Miradouro Morro Velosa
Miradouro Morro Velosa

Como chegar em Fuerteventura?

Fuerteventura Airport, também conhecido como El Matorral Airport, recebe voos vindos de Amsterdam, Barcelona, Bruxelas, Milão, Munique, Paris, Vienna, Zurique entre várias outras cidades da Europa. 

Vários aeroportos no Reino Unido têm vôos diretos para Fuerteventura, incluindo Londres Gatwick, Manchester, Leeds e Edimburgo.

Outra maneira de chegar à Fuerteventura é de ferry, vindo de Lanzarote, Gran Canaria ou Tenerife e as balsas saem de Corralejo, Morro Jable ou Puerto del Rosario.
Esse site aqui tem bastante informações com os horários e locais de partida e chegada das balsas.

Betancuria
Betancuria

DICAS

– A voltagem é de 220V e as tomadas são de dois pinos circulares.
– A água não é boa para beber pois é um pouco salgada.
– A maioria das lojas abrem entre às 9 e 10 da manhã até às 13 da tarde e depois reabrem às 17 até 20hrs (siesta). Porém os shoppings centres e a maioria dos supermercados ficam abertos durante o dia todo.
– A maioria do comércio em áreas não turísticas fecham aos Domingos.
– Boa parte dos hotéis/resorts tem lojinhas e mercadinhos (tipo Hiperdino Express), mas estes são mais caros do que os supermercados grandes, como Mercadona, Hiperdino ou Inpescasa.
– As feiras de artesanato são realizadas na Casa de Coroneles, em La Oliva, às terças e quintas-feiras, das 10h às 14h, em Lajares, aos sábados pela manhã e no El Campanario Center, em Corralejo, nas quintas e domingos.
– A língua falada em Fuerteventura é o espanhol, embora o inglês seja amplamente usado.
– A moeda local é o euro (€).

Feirinha de Corralejo, Fuerteventura
Corralejo craft Market

Pratos típicos

A culinária das Ilhas Canárias é muito simples, mas nem por isso deixa de ser deliciosa, assim como a maioria dos pratos espanhóis.

Não deixe de experimentar:
– Papas arrugadas: as batatas pequenas são fervidas em água bem salgada e em seguida, são assadas no forno até ficarem bem enrugadas e super macias por dentro.
Mojo picón: é um molho feito de azeite, sal, água, pimenta local, alho e uma combinação de ervas e especiarias.<
Puchero Canario: é um cozido de carne, legumes e grão de bico e seus ingredientes podem incluir carne, chouriço, frango, porco, grão de bico, milho, cenoura, batata, repolho, cebola e alho – apenas para citar algumas das possibilidades!
Majorero Cheese: um queijo de cabra firme e exclusivo da região.
Gofio: na realidade é um ingrediente, sendo uma mistura de farinha de milho torrada e farinha de trigo, usado em ensopados ou usado para dar sabor a sorvete, mousses e outras sobremesa.
Berenjenas equivocadas: beringelas fritas, servidas com cubos de queijo de cabra e regados com mel de palma.
E não deixe de experimentar o licor Ron Miel, um rum de mel delicioso para quem gosta de bebidas docinhas. Eu gostei tanto que trouxe uma garrafa pra casa!

Nesse post aqui, explico quais as praias mais famosas do Leste da ilha e nesse aqui, conto mais sobre o Norte.
Espero que gostem e não deixem de compartilhar com suas amigos e familiares!

Share this:

This post is also available in: English

Deixe seu recado:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: